terça-feira, 9 de setembro de 2008

Mulheres Mutantes - parte I

Desenvolvi nos últimos 4 anos uma paixão por tudo que se refere ao parto natural e, concomitantemente, à amamentação. Nesse tempo tenho lido e estudado bastante a respeito desses assuntos e cada dia mais percebo como estamos vivendo num sistema corrompido e manipulador. E na área da maternidade não é diferente. Vejamos! Quando se fala em parto, a primeira coisa que se pergunta é: vai ser parto normal ou cesária?? Como se isso fosse uma opção (vai querer água natural ou gelada?). Os médicos lidam com essa questão como se realmente existissem duas opções de parto, enquanto na verdade existe apenas um tipo de parto e o outro é um recurso cirúrgico para salvar vidas. A questão é que as mulheres sofreram mutação de algumas gerações para cá. Só pode ser essa a explicação... O que mais escuto é: "não tive dilatação", "Não tive passagem", "Não entrei em trabalho de parto, não tive contração." E não pára por aí... "Não tive leite", "Meu leite é fraco", "O bebê não conseguiu mamar"...
O que está havendo??
Certamente a natureza, criada por Deus de forma perfeita, não mudou seu modus operandi. Indubitavelmente estamos vendo mais uma ramificação atingida pelo sistema corrupto, egoísta, pragmático e ganancioso!
Há muito o que se falar. Contudo, por hora quero apenas deixar a provocação e chamar a atenção para um assunto que vai bem além do simples ato de parir. Se formos a fundo veremos que é uma bola de neve que mais para frente atinge a amamentação, a alimentação, o vestir, o ler. Enfim, é uma longa conversa...

4 comentários:

maisa disse...

Oi!
Te encontrei na comunidade o orkut, como ensinar seu bebê a ler.
Achei teu blog muito interessante. Concordo com tudo q vc fala. Também sinto muito preconceito em relação ao parto normal e amamentação. A minha filha nasceu assim por que eu quis, mas todos diziam que eu era louca por isso. Ela está com uma ano e três meses e ainda mama no peito. Já vejo as pessoas me olharem com cara de que "deste tamanho e ainda mama". Estamos planejando outro filho para o início do ano que vem, quero amamentar durante a gravidez e se tudo der certo poder amamentar os dois juntos! Vai ser ótimo!
Um abraço e boas reflexões, vc vai ajudar muita gente!

Rachel M. C. Oliveira disse...

Legal Maisa. Bom te ver por aqui. Eu tbem pretendo amamentar grávida. não sei se ela ainda vai querer...rs! Obrigada por escrever. beijos!

VR Photography disse...

Bem,
Eu sou um grande exemplo dessas mulheres mutantes, rssss. Felizmente tive a Graca de ter um parto normal, sem dor, rs..maravilhoso e curtindo muito o processo todo.Mas com a correria do dia a dia e misturado com preguica acabei amamentando apenas por 6 meses.Portanto minha admiracao aquelas mamaes que ainda tem seus filhotes mamando!!! Amei o texto, especialmente na parte das desculpas pra um parto normal, o interessante e que todo processo desde o comecinho, rs, o desenvolvimento e nascimento continua o mesmo a milhares de anos, infelizmente hoje a mioria das mulheres veem o parto Cezario como uma opcao e nao uma necessidade. Por isso muitas marcam a data do nascimento dos seus filhos e tal.Mas "Cada um sabe a dor e delicia do ser o que e" Caetano Veloso.Desculpa meu texto sem acento...rs

Eva Luiza disse...

Muito bom o texto. será que vem parte II? :) Parabéns pela bebêzinah linda