terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Conhecimento é um bem! o Silêncio também!!!


Como disse nas "boas-vindas", esse blog foi feito para pessoas que querem algo mais! Que querem ir além da mesmice e estão abertas para novas idéias. Mesmo que não coloquem em prática, mas pelo menos aceitam o diferente e estão dispostas a conhecer, sem desprezar.
O conhecimento é um bem que não deve ser desprezado. Como diz a Bíblia, não devemos jogar "pérola aos porcos".
O que estou querendo dizer???
Nem todos estão preparados para receber um bem, um tesouro, um presente!
Não pretendo fazer desse blog um desabafo diário, contudo, hoje senti a necessidade de compartilhar um nó na garganta.
Tenho conversado com muitas pessoas sobre diversos assuntos (coisas que estão aqui no blog). Compartilhei idéias e conhecimentos que tenho aprendido com o tempo, com vontade de saber mais....o que tbem já falei aqui.
Ingenuidade ou não, eu acreditava que tais pessoas queriam saber, queriam conhecer....
É possível que EU é que queria passar adiante o que eu "sei" (tão pouco, mas que para mim poderia fazer diferença para outras pessoas). É possível que houvesse vaidade de minha parte, querendo "mostrar" conhecimento...Mas, se foi isso, sou mais besta do que eu pensava, pois qualquer um pode ter acesso ao que eu sei...Apenas "colo e copio" no meu cérebro, não é nada inventado ou criado por mim...só tenho reproduzido...
Isso é motivo de vaidade??? Se essa foi minha moticação, foi inconsciente.
Bem, voltando ao foco...
Percebi com o tempo que algumas dessas pessoas estavam me ridicularizando (nas minhas costas ou não) ao zombar das coisas que eu havia dito, compartilhado. Fazendo piadinhas com minhas idéias...
Qualquer pessoa tem o direito de não concordar com o que penso. COM CERTEZA!
Mas não precisa chacotear, né?
Foi então que entendi...
Sinto-me presenteada por Deus por ter acesso a coisas legais, boas idéias, bons médicos que compartilham seus conhecimentos, bons livros, bons sites. Sei tão pouco! Pouco mesmo, tenho consciência disso. Só que tenho encontrado pessoas que sabem menos sobre alguns assuntos e achei que seria legal compartilhar o que aprendi.
E foi isso que me motivou escrever esse blog!!! Eu só "acho" as informações, não as crio. Entao, não há motivo para me envaidecer ou orgulhar.
Privilégio sim, orgulho não.
Pois então!
Entendi que o conhecimento é um bem e que nem todos estão preparados (ou interessados) para possui-lo.
Mas aprendi algo melhor. que o SILÊNCIO é um bem maior. E a Bíblia já tinha me dito isso tantas e tantas vezes. Basta ler o livro de Provérbios de Salomão e ler as diversas advertências sobre falar pouco....
Aqui eu não vou calar....rs! Pois só lê quem quer. Não te peguei pelo pescoço, peguei??? Brincadeirinha.
Antes, com amigos, com parentes (já dizia o filme: parente é serpente...rs), colegas virtuais, eu abria minha bocona para falar, exortar, alertar...sem ser chamada....Foi meu problema!!!!
Peraí, teve gente que pediu conselho sim, que perguntou sim...mas depois....."mangou"...rs!
Aqui não!!!! posso abrir meu bocão pois só ouve quem quer!
quando converso cara a cara, talvez a pessoa fique sem graça de dizer que não está interessada no assunto (por que não inventa que precisa fazer xixi e sai???)
mas aqui....lugar meu, ou melhor, nosso (meu e de quem quer)
como disse: hoje foi só desabafo! Espero que não se repita. Não é a intençao do blog.
Mas, espero que não tenha sido em vão e que reflitamos sobre os benefícios do conhecimento e mais ainda do silêncio.
Espero que EU tenha aprendido.
Obrigada por me ouvir!
Abraços!

2 comentários:

Edienic disse...

O importante é saber que há hora de calar, mas não calar pra sempre. Falar faz bem e ajuda muitas pessoas. Não se deixe abater por comentários....Iniciativas como a sua deixam muitas pessoas enjoadas....não fazem e não querem aprender ......compartilhar sem outras intenções, amar como Jesus mandou ainda é algo desconhecido pela maioria da Humanidade!Bjs, mamãecineide.

VR Photography disse...

Irma,
Se o mundo fosse mais feliz!!!Felicidade que ainda muitos so esperemntam atravez da tristeza de muitos.
Amizade que muitos jamais saberao o verdadeiro sentido, nao por nao terem amigos, mas por nao seres bons amigos primeiro.